Descrição resumida

A MODÉSTIA uma das Características do Islam

Descrição detalhada

A Modéstia, uma das Características do Islam

Louvado seja Allah, Que espalha as Suas benesses por toda a criação, e estende Suas mãos de generosidade entre as criaturas. Louvamo-Lo em todos os assuntos e buscamos a Sua assistência para o cumprimento dos Seus mandamentos. Prestamos testemunho de que não há outra divindade além d'Ele, e de que Mohammad é o Seu servo e Profeta. Allah o enviou para que Lhe manifestasse os mandamentos, e falasse acerca da Sua recordação.

Conseqüentemente, ele cumpriu a missão com dignidade, e o fez até o dia de sua morte. Ele deixou entre nós o estandarte da retidão. Que Allah o abençoe e lhe dê paz, bem como aos seus familiares, seus companheiros e seus seguidores, amém.

Dentre as virtudes para a qual o Islam convoca é a modéstia. Se ela for encontrada numa família ou numa comunidade, toda a sociedade fica feliz: o mais idoso sente carinho pelo mais jovem, e o mais jovem respeita o mais idoso. Os sábios reputam a pessoa modesta como maleável, distante da arrogância e da vaidade. Allah elogia os modestos, dizendo: "E os servos do Clemente são aqueles que andam pacificamente pela terra e, quando os ignorantes lhes falam, dizem: Paz!". (25:63). Eles andam pacificamente, sem arrogância, nem insolência; são calmos e modestos. Esse é o seu comportamento quanto ao andar. Porém, no que diz respeito ao seu relacionamento com seus semelhantes, eles os tratam com modéstia e educação. Por isso, Allah diz: "Quando os ignorantes lhes falam, dizem: Paz". Um poeta disse: "Seja como as tamareiras, distante do ódio, quando lhe são pedras atiradas, retribuem as mesmas com suas melhores frutas."

A modéstia é composta de várias partes: a mais nobre é a modéstia do indivíduo perante a lei de Allah. Ele aceita a Sua determinação e a determinação do Profeta, com toda convicção e educação. Allah diz: "A resposta dos crentes, ao serem convocados ante Allah e Seu Mensageiro, para que (estes) julguem entre eles, é: Escutamos e obedecemos!" (24:51).

Faz parte da modéstia levar em consideração os direitos e as posições dos outros, sem arrogância ou insolência. Um sábio disse: "A modéstia é aceitar o direito de quem quer que seja, acatando-o e atendo-se a ele, mesmo que seja de um jovem ou de um pobre.

Allah encheu o coração do Seu Mensageiro (que a Paz e a Bênção de Deus estejam sobre ele) com a dádiva da modéstia, para tratar as pessoas com benevolência. Ele disse: "Pela misericórdia de Allah, foste gentil para com eles; porém, tivesses tu sido insociável ou de coração insensível, eles se teriam afastado de ti" (3:159), ou seja, devido à misericórdia que Allah lhe concedeu, foi modesto com seus seguidores, em todas as circunstâncias. Tivesse sido arrogante com eles, teriam-no abandonado. O Profeta (que a Paz e a Bênção de Deus estejam sobre ele) deu o maior exemplo nisso, pois ele próprio era o exemplo vivo da modéstia e da maleabilidade. Aceitava o convite do rico e do pobre, não se prevalecia sobre os seus companheiros, mas ajudava-os em seus afazeres. Escutava, em silêncio e atenciosamente, a conversa de quem lhe dirigia a palavra. Não deixava o interlocutor antes que o mesmo terminasse a sua fala. Quando alguém lhe apertava a mão, não tirava a sua antes que o outro o fizesse. Não interrompia a conversa de ninguém. Quando algum de seus companheiros se ausentava, ele sentia a sua falta. Se estivesse viajando, ele fazia prece por ele, se estivesse doente, ele o visitava. Ele disse: "Allah me revelou que sejamos modestos, para que nenhum se vanglorie sobre o outro, nem serdes injustos uns sobre os outros". Ele também disse: "Allah acrescenta a honra do servo perdoador. Todo aquele que for modesto, por amor a Allah, Ele o eleva em posição." Os nossos antepassados se enfeitavam com a virtude da modéstia. Eis o exemplo do Califa Ômar Ibn Abdel Aziz. Estava ele dando audiência a algumas pessoas, quando a lamparina que iluminava o local apagou. Ele próprio levantou-se e foi reascendê-la. Um dos presentes comentou. "Nós poderíamos tê-lo feito." Ele respondeu: "Não é digno do anfitrião utilizar-se de seu hóspede. Quando me levantei para fazê-lo, eu era Ômar, e quando regressei, continuei sendo Ômar. Nada perdi."

Um sábio disse: "A modéstia é uma virtude quando é praticada pelo poderoso. Porém, se for praticada por receio, o ato não é considerado um ato de modéstia."

Áli (que a Paz e a Bênção de Deus estejam sobre ele) disse: "Quão excelente é a modéstia dos ricos, na casa dos pobres, com o intuito de receberem a recompensa de Allah. Melhor do que isso é o honrar os pobres na casa dos ricos, por confiança a Allah."

Uma vez que a modéstia é um dos mais altos graus da virtude, a arrogância e a vaidade são os mais ínfimos vícios. O arrogante é uma pessoa vazia, sem valor, sem personalidade, que procura suprir a sua incapacidade com a arrogância. Um poeta disse: "As espigas cheias se curvam com modéstia, e as cabeças das vazias altas ficam."

Allah censurou os arrogantes em mais de uma oportunidade. Ele diz: "Afastarei dos Meus versículos aqueles que se envaidecem sem razão, na terra" (7:146). Disse, também, no Hadice Cudsi: "A honra é a Minha roupa, e a grandiosidade é o Meu manto; quanto àquele que competir comigo nesses dois itens, será castigado."

O Profeta (que a Paz e a Bênção de Deus estejam sobre ele) anunciou a falência dos vaidosos e arrogantes, dizendo: "Os arrogantes serão agrupados, no Dia da Ressurreição, como se fossem formigas perante os homens, marcados com a estigma da humilhação."

Há uma diferença entre o arrogante e o orgulhoso. O Profeta (que a Paz e a Bênção de Deus estejam sobre ele) disse: "Nenhuma pessoa, com um átomo de arrogância no coração, entrará no Paraíso." Alguém comentou: "Ó Profeta, a pessoa gosta de ter uma bela vestimenta e um belo calçado." O Profeta (que a Paz e a Bênção de Deus estejam sobre ele) disse: "Allah é Belo e aprecia a beleza. A arrogância, porém é insolência, é a negação da justiça e o menosprezo às pessoas."

A arrogância, quer seja devido ao conhecimento, ou ao culto, ou à ascendência, ou à riqueza é uma doença e conduzirá o arrogante à perdição.

Que Allah nos agracie com a modéstia, amém.

Comentários