Descrição resumida

. A evidência bíblica de que Muhammad não é um falso profeta.
Parte 1: As dificuldades enfrentadas na discussão de profecias bíblicas, e os relatos de alguns eruditos que atestaram que Muhammad foi mencionado na Bíblia.
Parte 2: Discussão da profecia mencionada no Deuteronômio 18:18, e como Muhammad se adequa a essa profecia mais do que outros.
Parte 3: Discussão da profecia mencionada em João 14:16 do Paracleto, ou “Consolador”, e como Muhammad se adequa a essa profecia mais do que outros.
Parte 4: Discussão adicional da profecia mencionada em João 14:16 do Paracleto, ou “Consolador”, e como Muhammad se adequa a essa profecia mais do que outros.

Comentários